25 de junho de 2013

Onde estão os Mestres que tanto procuramos?

Você já deve ter percorrido muitos lugares à procura de um Mestre. Sim, digo à procura de um mestre espiritual, uma divindade inteligente, inumana que pudesse consagrar uma adoração. Quem de nós nunca procurou? Talvez fosse parte de uma idealização, uma projeção fantasiosa, mas esse ser se resumiria a uma energia poderosa capaz de tirar dos nossos ombros o fardo antes considerado uma penitência - um Carma. O Mestre que procuramos seria capaz de nos ouvir, aconselhar; e com palavras sábias, amenizar os nossos problemas. Perto dele, acreditamos que podemos sempre vencer, concluir e concretizar os nossos sonhos. ELE pode não possuir um nome específico - mas nos emociona, nos faz rir, nos faz pensar.

Não está longe o dia em que a Ciência será forçada a admitir que a matéria, ainda que passiva, é animada por forças inteligentes, pelo que hoje chamamos ENERGIA. Os Místicos, os Ocultistas e os Espíritas apresentam diversos nomes a essas entidades multifacetadas, essas forças, essas ENERGIAS. No Ocidente elas são chamadas o que representam: anjos, arcanjos, gurus, fadas, magos, etc. No hinduísmo, são designadas genericamente como devas. Mas elas podem, também, vir transfiguradas como um deus, um orixá, um santo, um guia espiritual; ou virem nas entrelinhas de uma parábola, na sensibilidade de um filme, ou na mensagem simbólica de um livro

Os Mestres sempre, por todos os séculos e em todas as religiões foram reconhecidos, respeitados e cultuados por nos ensinar o melhor caminho. A imagem que temos de um MESTRE está enraizada na mentalidade universal: uma entidade tranquila, forte, sábia, pronta a desembainhar a melhor resposta às nossas dúvidas.

-->

Não há dúvida que os Mestres existem. ELES estão em toda parte. ELES estão em cada um de nós prontos a nos consolar. ELES são seres bondosos, sentimentais, ELES se manifestam em todas as frequências. De repente se apresentam como escritores, filósofos, matemáticos, cientistas, músicos, andarilhos; às vezes como crianças entusiasmadas, refletidos nos nossos olhos – às vezes em desabafos

Mesmo que não acreditemos, os MESTRES trabalham o nosso coração em conjunto com a Alma Universal, fazendo com que elevemos nossos sentimentos ao que há de mais verdadeiro, de belo, de generoso, e com isso, ajudam a desenvolver o entendimento da nossa transformação.

Não é por acaso que eu escreva mensagens refletindo a Espiritualidade Universalista. Não é por acaso que aqui se misturem Avatares, Rishis, Siddhas, Gurus, Mahatmas, Monges e Santos em um só ambiente. Não é por acaso que Jesus, Buda, Maitreya, Brahma, Krishna, Oxála, Jeová, Alá surjam emoldurados sob o frescor da União fraternal do Amor universal.

Para que transformemos essa UNIÃO em realidade dentro de nós, é preciso haver Vontade de recebê-los e acreditar que OS MESTRES EXISTEM. E a minha intenção é ajudar a você a reconhecer e se relacionar com Eles.

QUE A PAZ UNIVERSAL ESTEJA COM TODOS.



SAIBA MAIS SOBRE O AUTOR
Pryom PRYOM é Numerólogo e Médium Espiritualista. Formado em Publicidade, desde jovem é empenhado em compreender a alma humana. Ministra palestras sobre Numerologia e encontros sobre o autoconhecimento. Se quiser saber mais, clique aqui. Se gostou do blog assine para receber os próximos artigos.

0 comentários :

Postar um comentário