OS CICLOS DOS SETE ANOS


Quantas vezes você já foi atormentado pela sensação de não ter realizado os seus sonhos? Como enfrentar os desafios que se apresentam em nossas vidas e nos surpreendem em períodos
aparentemente marcados? Bem, a vida dá muitas voltas. De sete em sete anos, um novo ciclo começa em nossas vidas. Essa comprovação foi estudada  por muitas culturas do passado.



Na Antigüidade, por exemplo, afirmava-se que os sete planetas - além de serem mensageiros dos deuses - eram encarregados, também, de trazerem aos homens os presságios acerca do Tempo e de seu destino. Baseados nos princípios da numerologia pitagórica, várias seitas místicas - como os seguidores de Asclépio, dividiam a vida humana em períodos de 7 anos: eles uniam a ciência astrológica com a exatidão da numerologia (leia mais sobre o "poder" do número sete clicando 👉aqui). Entre aqueles que acreditavam nessa divisão do tempo, como principal fator de diagnosticidade dos quatro humores, encontrava-se Hipócrates, o Pai da Medicina.



A ASTROLOGIA E OS SETE PLANETAS SAGRADOS 

Assim como as estações marcam o ritmo da Terra, a cada sete anos se iniciam novos ciclos em nossas vidas. Eles trazem muitos desafios que possibilitam aceitar o passado, viver o presente e planejar o futuro. É muito importante saber que o passado não pode ser alterado. Entretanto, podemos encarar o nosso presente e crescer se reconhecer em que momento da vida nós falhamos.


Segundo a Astrologia, os sete planetas sagrados conhecidos pelos antigos Alquimistas (Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter, Saturno, Sol e Lua) tinham relação com cada ciclo de sete anos da vida humana. Para eles, sete anos era o tempo necessário para que uma transformação acontecesse - e essa "transformação" tinha início no dia do nascimento.

Conhecer os desafios de cada setênio (ciclos de sete anos) ajudam a compreender melhor cada fase da nossa vida. Ajuda a entender o nosso tempo - como a troca dos dentes aos 7 anos, a puberdade aos 14, a conclusão do crescimento aos 21 e as primeiras rugas ao 42, etc.



O conhecimento desses Ciclos nos faz perceber quais os frutos da estação e qual o momento ideal de colhê-los. Além, é claro de nos proteger das angústias de não ter concretizado os nossos sonhos. O que quero propor a você é uma reflexão sobre a vida. Provar que o passado é imutável, mas podemos alterar a forma de lidar com ele. Entender o nosso Tempo nos ajuda a vencer as crises. Nos traz autoconfiança.



Conheça, então, os setênios através do gráfico abaixo e confira os Ciclos da sua vida. Lembre-se que encarar o passado nos faz crescer, nos faz compreender o presente. É isso que nos faz aproximar do nosso Mestre Interior. Boa reflexão.


OS SETE CICLOS DA VIDA




Priom
PRIOM
Numerólogo e Espiritualista. Um Filho de Xangô que acredita no Crescimento e na Transformação Espiritual do seu semelhante. Se quiser saber mais sobre mim e o blog clique aqui.

Um comentário:

  1. Um dos números que mais me intriga é sem dúvida o 7! Além, é claro, do 0,1,2,3,5,13 e 20 hehehe
    Sem dúvida, todos os números são fascinantes! É incrível como podemos interpretar tantas coisas com eles =]

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.