30 de outubro de 2010

All Hallow's Eve

O All Hallow's Eve - ou Halloween como é mundialmente conhecido - é um festival de origem druida celebrado no dia 31 de outubro, na véspera do Dia de Todos os Santos. Essa celebração acontece em todos os países de tradição britânica, mas com a globalização ficou conhecido como uma festa popular infantil descaracterizada da intenção inicial. Os druidas acreditavam que, na anti-véspera do dia dos mortos, Shamhain, o senhor da morte, convocava as almas de todos os desencarnados para uma visita aos seus familiares. E era justamente dentro de casa que esse "acontecimento" era comemorado (ao contrário do que imaginamos, nos cemitérios). Os espíritos orientavam os vivos e aconselhavam sobre novas possibilidades. O All Hallow's Eve é portanto, uma noite de reflexão. Não de lágrimas ou lamentações.


Etimologicamente, Shamhain significa "fim de verão" e deriva de duas palavras "samh", verão, e "fuin", fim. Tradicionalmente, o festival de Samhain se baseava nos rituais de renovação, renascimento e colheita - todos baseados nos ciclos planetários.

O hábito de usar fantasias de monstros góticos é comum aos americanos e está relacionado às tradições irlandesas, quando as pessoas de baixa renda batiam de porta em porta pedindo comida e doações em troca de orações. Eles ameaçavam (indiretamente) que a não contribuição faria retornar os mortos de seus túmulos. Daí, vestir-se de bruxas, zumbis ou vampiros virou moda.

Mas, a mais interessante curiosidade ficou por conta das famosas abóboras iluminadas, símbolo do Halloween. Dizem que muito antes das abóboras, eram as maçãs que faziam parte dessa festa e elas possuíam um forte simbolismo associado ao casamento: segundo as antigas lendas, as meninas virgens deveriam descascar uma maçã vermelha e atirar a casca por cima do ombro direito, na esperança de encontrar um esposo rico e poderoso. A simpatia, que hoje faz lembrar as de Santo Antonio de Pádua, o santo católico casamenteiro, fazia crer que a primeira letra do pretendente apareceria no desenho enrolado da casquinha vermelha.


SAIBA MAIS SOBRE O AUTOR DESSE ARTIGO
Pryom PRYOM é Numerólogo, Médium Espiritualista e Filho de Xangô. Ministra palestras sobre Numerologia e encontros sobre o autoconhecimento humano. Se quiser saber mais, clique aqui. Se gostou do blog assine para receber os próximos artigos.

0 comentários :

Postar um comentário