7 de janeiro de 2013

Tudo Depende de Você

Sempre quando se chega ao final de um Ciclo as expectativas sobre o NOVO TEMPO se multiplicam: mil e uma promessas são feitas, planos mirabolantes são traçados e todos se mobilizam para comemorar uma nova fase da vida. "Como será o amanhã?", pergunta o sambista. Na verdade, todo aquele que procura um vidente para responder a essa pergunta está, na verdade, à procura de um apoio, de um incentivo moral para ajudar a enfrentar o presente, esquecer o passado e tentar escapar as armadilhas do futuro. Qualquer oráculo consultado - seja tarô, búzios, cartas, dados, dominós - apresentará uma pré-visão, ou seja, uma visão panorâmica das coisas que envolvem o consulente. Cabe a este precaver-se das coisas que eventualmente acontecerão. Todas as previsões que você leu sobre o seu Ano Pessoal ou sobre o que os Orixás que regem este ano são basicamente projeções astrais. 

Se você - como o sambista - sair por aí perguntando "O QUE IRÁ ME ACONTECER?", a resposta será tudo dependerá exclusivamente de você! Afinal, o tempo é contínuo e caminha inexorável a sua trilha. Não será um calendário que ditará as mudanças na sua vida. Mas as suas atitudes.


Tudo o que desejamos saber sobre o futuro já está basicamente dentro de nós: basta tomarmos consciência disso. Todos nós somos médiuns e somos dotados de potencialidades. Nos dias de hoje é muito fácil ignorar esse Poder e procurar os oráculos em busca de respostas. Isso dá oportunidade para o surgimento de aproveitadores capazes de explorar a ignorância e a fragilidade humana, muitas pessoas que os procuram estão quase sempre sofrendo e estão muito vulneráveis. Nas previsões que apresento eu procuro apontar a direção que devemos tomar. Nas entrelinhas revelo que esse "segredo" é a vocação espiritual. Devemos despertar a Criatividade para tentar resolver os problemas. Devemo nos empoderar. Essa criatividade se encontra no seu Interior. Procure deslumbrar essa possibilidade. Sempre.

A FÁBULA DA CENTOPEIA E A QUIROMANTE

Contam os antigos, que num belo dia uma Centopeia procurou uma famosa quiromante para saber se o seu jovem noivo a amava. Na verdade, a principal dúvida que atormentava a Centopeia era saber se o rapaz queria realmente pedi-la em casamento; se a amasse, como ele dizia, já era meio caminho andado.

A vaidosa quiromante, que já tinha lido o futuro em muitas mãos ilustres, nunca havia se deparado com tantas possibilidades - e ainda mais com tantas mãos disponíveis em um só consulente! Mas, a quiromante respirou fundo. Tomando coragem, arregaçou as mangas e enfrentou o maior desafio de sua carreira profissional.

A primeira mão da Centopeia revelou que o noivo se casaria com ela. Mas, a segunda dizia que o rapaz partiria para sempre. Entretanto, a Centopeia tinha cento e setenta mãos, e depois de ter lido todas, perceberam que haviam chegado a um empate: oitenta e cinco mãos diziam que “SIM; a Centopeia se casaria com o pretendente”. As outras oitenta e cinco, diziam que “NÃO; que a Centopeia não se uniria com o dissimulado”.

Mas, para a surpresa da velha quiromante, a jovem Centopeia levantou-se, pagou a consulta, abriu um largo sorriso e saiu satisfeita. Simplesmente, por que o seu coração interpretou que a metade dos “SIM” era mais forte que a metade dos “NÃO”.

A quiromante ficou aliviada. Afinal tinha acertado na leitura de todas as mãos da Centopeia. Apesar de possuir títulos, fama e experiência acabou descobrindo naquele dia que o futuro de uma pessoa era composto de cinquenta por cento de dúvidas e cinquenta por cento de certezas.

MORAL DA HISTÓRIA:
Pense sobre isso e não culpe o mundo pelo seus erros e pelas suas indecisões. Isso não se configura um "carma". Se algo der errado tente refazer o Caminho. Tudo depende de você.




Sobre o Autor:
Pryom PRYOM é Filho fiel de Xangô, Sacerdote Místico-Espiritualista, Médium e adepto de uma religião chamada Honestidade. Se você gostou desse artigo, assine para receber gratuitamente notificações por e-mail.

4 comentários :

  1. Respostas
    1. Querida Tany, para alguns pode parecer uma contradição utilizar-se de tantos "recursos mágicos" para falar da Verdade. Entretanto, o blog segue à risca a máxima do Grande Mestre. É conhecendo a si mesmo que o homem alcança a verdadeira Liberdade.

      Excluir
  2. Obrigada Pryom , por aulas e dicas legais para o nosso conhecimento e aprimoramento.

    ResponderExcluir