INIMIGO MEU


Dois guerreiros, envolvidos em uma guerra intergalática, são obrigados a fazer uma aterrissagem em um planeta sombrio. A princípio, o humano (Dennis Quaid) e seu inimigo alienígena (Louis Gossett Jr) cultivam um ódio mortal. Mas após terem que enfrentar as forças da natureza, ambos percebem, que a única maneira de se manter literalmente vivos é exercitando a tolerância e a solidariedade. Esse brilhante filme foi baseado no livro de ficção científica "Enemy Mine", de Barry Longyer.



UMA AULA ESPIRITUALISTA

O filme é uma maravilhosa fábula sobre os relacionamentos sociais. E sobre a adequação do homem às situações extremas de medo, ódio, solidão e afeto. Com apenas dois personagens em cena o roteiro consegue explorar vários tratados da Sociologia (inclusive o do realismo social de Durkheim). Para nós, Espiritualistas, que vivemos à procura de respostas para o equilíbrio interior existem duas boas oportunidades: refletir sobre as diferenças e encontrar nas entrelinhas quatro atribuições fundamentais para a convivência grupal:
  • COLEGUISMO - essencial no trato e na formação de uma sociedade melhor;
  • TOLERÂNCIA - pelo direito que cada indivíduo possuir, cultuar e defender suas próprias idéias;
  • COMPREENSÃO - pelo entendimento das características culturais do outro e;
  • RESPEITO - um sentimento fundamental quando se busca uma boa relação em comunidade.
Inimigo Meu é um filme cult da década de 1980 - quase desconhecido pelos jovens do século XXI - mas é perfeito para ser assistido em qualquer época.



Priom
PRIOM
Numerólogo e Espiritualista. Um Filho de Xangô que acredita no Crescimento e na Transformação Espiritual do seu semelhante. Se quiser saber mais sobre mim e o blog clique aqui.

2 comentários:

  1. Incrível como a arte pode ser usada para dos dizer tantas coisas! O poder das imagens e símbolos é muito significativo!

    ResponderExcluir
  2. A Magia se faz com o conhecimento dos símbolos e dos arcanos. Além disso o filme é muito bom.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.