20 de julho de 2014

Quem é o Autor da Famosa Oração

Reinhold Niebuhr foi um grande teólogo americano que nasceu em Wright City, Missouri, em 21 de junho de 1892 e morreu em Massachusetts, em 01 de junho de 1971. Niebuhr foi um dos principais nomes da teologia protestante no século passado e pertenceu ao movimento religioso que reorientou a visão teológica ligada aos estudos bíblicos durante a década de 1920. Foi um ferrenho questionador do liberalismo  social de sua época. Crítico das distorçõesmorais que o capitalismo exercia sobre o homem, Niebuhr combatia abertamente o consumismo desenfreado da sociedade, pois acreditava que o poder do dinheiro e das tecnologias disponíveis na época proporcionava aberturas para vários pecados, ansiedades e – inclusive - o orgulho. Em vários sermões - já naquela época -, Niebuhr relacionava suas idéias religiosas com os problemas do mundo contemporâneo. Dono de um carisma invejável pregou em vários campos universitários do seu país; escreveu centenas de artigos religiosos para jornais, revistas e promoveu movimentos ecumênicos entre de organismos internacionais.



Mas um fato curioso merece destaque na biografia desse personagem: Reinhold Niebuhr afirmava ter escrito a famosa oração chamada “Oração da Serenidade” – tão conhecida pelos espiritualistas modernos.
Mas muitos anos depois, em 2009, Fred R. Shapiro , lançou dúvidas sobre essa autoria, dizendo que não havia nenhuma prova que Niebuhr havia realmente escrito essa oração. Segundo Shapiro, a versão mais antiga ficou conhecida a partir de 1937 e dizia o seguinte: "Pai, dá-nos coragem para mudar o que deve ser alterado, a serenidade para aceitar o que não pode ser ajudado, e o discernimento para saber um do outro". A versão mais popular, cuja a versão é (agora) desconhecida é a que se vê nessa imagem, ao lado.


SAIBA MAIS SOBRE O AUTOR
Pryom PRYOM é Numerólogo e Espiritualista. Formado em Publicidade, desde jovem é empenhado em compreender a alma humana. Ministra palestras sobre Numerologia e encontros sobre o autoconhecimento. Se quiser saber mais, clique aqui. Se gostou do blog assine para receber os próximos artigos.

0 comentários :

Postar um comentário