1 de maio de 2015

Qual a diferença entre Adivinhar e Intuir?

Dizem que as mulheres são mais intuitivas do que os homens. Mas, os antropólogos atribuem à mulher esse "poder" devido ao encarceramento doméstico nos tempos das cavernas, pois era o medo que as obrigava a prever os perigos externos, mais do que conhecer as realidades do mundo que as cercava. Como as fêmeas tinham apenas a função de proteger os filhotes das feras, do frio e da fome, a principal arma de preservação animal era a intuição materna.

O QUE É INTUIÇÃO?
A intuição é uma forma de conhecimento que transcende a razão e os sentidos. Presente em todas as pessoas, mas ainda pouco compreendida, a intuição é uma ferramenta de importância crescente na tomada de decisões relativas aos mais variados setores da vida.  Em plena era tecnológica, deixar-se guiar pela intuição torna-se uma verdadeira "arma" de sobrevivência, uma saída para grandes crises e impasses. Aprender a ouvir pode ser o caminho para uma vida mais feliz e saudável. Em principio, todos nós temos o poder da intuição, mas isso não quer dizer que ela se manifeste no mesmo grau em todo mundo. Quem não está costumado pode confundir com simples palpite e até classificá-la como "uma ideia absurda".

UM PASSARINHO ME CONTOU
Às vezes nos sentimos inseguros confiar num flash: a "mensagem" vem do nada, de repente, sem avisar; chega como uma "verdade" confiada por algo ou por alguém muito além da nossa compreensão. Às vezes chega como um cochicho, um sussurro. O problema é que a maioria das pessoas está acostumada a só dar ouvidos a outro tipo de vozes interiores: as que gritam, cobram, mandam, proíbem e oprimem.

Para início de conversa é importante diferenciar a intuição de outros poderes psíquicos, como percepção extrassensorial, premonição, clarividência ou clariaudiência. Estes, por sua vez, podem ser canais de manifestação da intuição. O ideal é aprender a equilibrar a intuição e o pensamento lógico, racional. É preciso trazer o conhecimento intuitivo para agir no mundo, no plano físico. Isso vale tanto para quem empreende, ensina e estuda.


Nas artes divinatórias, como Numerologia, Astrologia e Tarô, deixar fluir a intuição geralmente é tão importante quanto saber o significado dos números, interpretar as cartas que estão sendo lançadas ou dos bons e maus aspectos formados pelos planetas em um mapa que está sendo analisado.

Uma experiência intuitiva pode ocorrer em nível físico, emocional, mental ou espiritual (leia mais sobre isso clicando aqui). Em nível físico, a intuição se manifesta, por exemplo, quando sentimos os músculos se tencionarem com a aproximação de um perigo; quando nos arrepiamos frente a um perigo, por exemplo.

Em nível emocional, a intuição se manifesta quando sentimos uma afeição desmesurada por algo ou alguém. Pode ser o olhar de uma criança, a aproximação de um animal doméstico exemplo, um empaticamente as emoções. Por fim, a intuição se expressa em nível espiritual sob a forma de experiências místicas ou "revelações". Ou seja, todos nos possuímos percepção intuitiva, mas poucas tem paciência, compreensão para  desenvolvê-la.

COMO ABRIR AS PORTAS DA INTUIÇÃO

  • Medite. A prática da meditação ajuda a limpar a mente e abrir os canais receptivos;
  • Aprenda a dar ouvidos a si mesmo e prestar mais atenção ao que fala seu coração. Analise como estão se encaminhado seus sonhos, desejos e suas metas.
  • Crie em sua casa um espaço sagrado ou um local especial onde possa meditar e pedir ajuda dos seus guias espirituais;
  • Coloque sua intenção em abrir os canais intuitivos e usar o conhecimento para servir a propósitos elevados, e não só conseguir poder e benefícios pessoais;
  • Experimente testar suas habilidades intuitivas em assuntos sem importância, como descobrir, por exemplo, quem está chamando ao telefone, antes de atender. Quando não existe pressão, as capacidades costumam se desenvolver;
  • Escreva um diário de suas experiências intuitivas. Procure descobrir padrões: em que horas do dia ou meses em que sua intuição se aguça. Descubra como a rotina, as emoções, os lugares ou as companhias afetam suas capacidades psíquicas;
  • Conheça a você mesmo. A busca do autoconhecimento ajuda a separar a intuição da projeção de desejos e medos. Meditação, psicoterapia e grupos de estudos são formas de mergulhar dentro de si;
  • Pratique a solidão. Momentos de recolhimento e quietude são enriquecedores e ajudam a abrir os canais de comunicação interiores;
  • Abra seu coração. Pratique a bondade, a compaixão e o perdão. Com isso você só se abre para a intuição, como se torna um mensageiro de confiança das informações que vai receber;
  • Faça a ligação com seu Eu Superior e coloque tudo nas mãos divinas. Confie na sabedoria cósmica - onde nada acontece por acaso - e aprenda a se comunicar com os anjos, santos ou mestres espirituais.
ADIVINHAR É DIFERENTE DE INTUIR?


Sim; adivinhar é diferente da intuir. Para James Van Praagh, no seu livro “O Despertar da Intuição”, a palavra "intuir" significa "estar em espírito"; se tentarmos interpretar essa definição, podemos entendê-la como um exercício mental. Ou seja, as emanações que vibram em outro plano são capazes de criar um contato ao transmitir seus próprios pensamentos à nossa consciência. É deste modo que os Mestres, Mentores ou Guias Espirituais se comunicam. Os espíritos ficam à nossa volta durante grande parte do tempo tentando nos influenciar a fazer as escolhas corretas. Devemos sempre lembrar que somos inspirados e incentivados pelos espíritos o tempo todo, mas precisamos, acima de tudo, nos manter receptivos para abrir os canais de transmissão. Era desta forma que durante muitos anos eu me interligava à entidade antes de atender a dezenas de pacientes em consultas públicasE ainda hoje o faço quando escrevo artigos, ensino ou dou palestras. Observar esses "momentos mágicos" são umas das muitas maneiras de dar o primeiro passo em direção ao nosso Mestre Interior. Faça uma experiência lendo o meu próximo artigo sobre a intuição.


SAIBA MAIS SOBRE O AUTOR
Pryom PRYOM é Numerólogo e Médium Espiritualista. Formado em Publicidade, desde jovem é empenhado em compreender a alma humana. Ministra palestras sobre Numerologia e encontros sobre o autoconhecimento. Se quiser saber mais, clique aqui. Se gostou do blog assine para receber os próximos artigos.

0 comentários :

Postar um comentário