12 de novembro de 2016

A Numerologia e o Ano Pessoal

Kafka dizia, que na luta entre o homem e o mundo, devemos apoiar o mundo. O aforismo pode lhe parecer estranho, mas numa época de exacerbações, críticas e divergências de opiniões esse pensamento significa, entre muitas interpretações, que devemos apoiar não aquilo que nos diz respeito, mas aquilo que diz respeito ao próximo. O grande exercício que o homem fará neste novo Ciclo é perceber o Universo como um Todo, pois aquele que continuar alimentando os seus próprios interesses estará fora de sincronia com o mundo. Essa é mensagem que os Números trazem.

Seja qual for o seu Ano Pessoal, numerologicamente o Ano Universal 1 simbolizará o recomeço. Ele é um ponto que se transformará em uma reta; e como tudo no Universo gira em torno de si mesmo, retornaremos ao ponto de partida. Poderemos ter certamente a estranha sensação de rever um espetáculo tosco e mal produzido. E é desse pequeno "ponto", perdido no espaço, que devemos entender o aforismo kafkiano do início desse artigo.


A VIBRAÇÃO DO ANO UNIVERSAL 1        
Objetivamente, o que significa o Ano Universal !? Bem, vejamos esses dois exemplos. Pela sua verticalidade, o Número 1 pode ser comparado simbolicamente a um foguete. À bordo deste, podemos avistar os Astros, as Estrelas e os novos mundos. Mas, apesar do arrojo tecnológico, os foguetes tendem a nos arremeter ao vazio, à solidão do espaço, e dele, somente nos resta calcular as distâncias e organizar os controles de segurança instalados no imenso painel iluminado chamado "Coração".

Pela verticalidade, o Número 1 também pode ser comparado a um periscópio (repare na imagem que escolhi para ilustrar esse artigo). Ele pode observar com suas lentes potentes tudo à distância. Os periscópios são os olhos de quem controla os submarinos; são olhos que observam atentamente a descida e ascensão. Ora, somos todos submarinos imersos em águas revoltas! É preciso saber emergir e continuar firmes rumo ao cais. Em segurança.

Você deve estar pensando: Pryom, por que você procurou dar exemplos tão subjetivos?


Acalme-se. Uma característica perigosa do número Um é a precipitação. Se você mantiver o cuidado de compreender as entrelinhas, entenderá porque citei esses dois exemplos. O Ano Universal 1 é excelente para darmos início a qualquer coisa, desde que compreendamos a dinâmica dos foguetes e dos submarinos. Ambos possuem uma estrutura sólida, robusta e tecnologicamente preparada para viagens difíceis. O Ano Universal Um nos revela que para conseguirmos viajar para bem longe será necessário entender como se comportam os Elementos Ar e Água: tanto um astronauta, quanto um submarinista sabem muito bem como suportar a pressão desses dois elementos e as possíveis dificuldades que envolvem uma viagem turbulenta. Basta-lhes uma precipitação e tudo nos levará ao fracasso.


O Ano Universal Um exigirá coragem, atitude - e principalmente de criatividade. Basta lembrar que estamos todos navegando uma rota difícil e complicada. Portanto, deve-se refletir sobre todos os erros e reconhecer que eles foram provocados pela desorganização, indecisões e pela nossa instabilidade emocional. Portanto guarde bem esses conselhos:

1) Não alimente a negatividade: se estiver consciente que gravita num universo tendencioso ou que permanece à deriva entre o desânimo, a impaciência e o medo - você poderá promover uma significativa mudança em sua vida;

2) Na contramão dos "compartilhamentos de ideias", procure não se expor: as críticas e as opiniões devem ser aceitas apenas como direcionamento. As críticas destrutivas, devem ser descartadas;

3) Identifique, elimine e substitua aquilo que não seja relevante: algumas posturas serão necessárias para que você possa reencontrar a luz no final do túnel ou tentar criar uma aura de harmonia. Afinal, compreendendo o aforismo kafkiano do início desse artigo, não devemos lutar contra o mundo e sim procurar entendê-lo como um processo. O mundo acabou de se nivelar.

Para concluir, lembre-se que, pela verticalidade o Número 1 também pode ser comparado a um poste. Mas utilizar essa conotação seria deveras infeliz para alguém que deseja algo bem maior em 2017.

Leia também as previsões de Oxum para 2017. Clique aqui.

CONSULTE O SEU ANO PESSOAL
Além de receber a influência do Ano Universal, todos recebemos as vibrações do Ano Pessoal. Eles variam de pessoa para pessoa, pois são calculados de acordo com a data de nascimento. O número do Ano Pessoal fornece orientações sobre as atividades que deverão ser desenvolvidas e/ou poderão acontecer na vida de cada um. Deste modo, você poderá compreender porquê há tanta diferença entre o que ocorre em sua vida e nas vidas das pessoas que nos cercam.

Para achar o número do Ano Pessoal, você deverá, em primeiro lugar, calcular o número universal, ou seja, aquele que rege o ano no nosso planeta. Nesse caso, o ano será 2017. Basta somar 2 + 0 + 1+ 7. O resultado é 1- o próximo Ano Universal.

Para saber o número de seu Ano Pessoal, você deverá somar o dia e o mês de seu nascimento ao 1. Para você entender melhor, vamos usar novamente, como exemplo, o nosso amigo Ivo da Silva. Ele nasceu em 3 de março (mês 3). Somando 3 + 3 + 1 (número do ano universal), o resultado é 7. Assim, em 2017, o número do Ano Pessoal de Ivo da Silva será 7.

Agora, calcule o número do seu Ano Pessoal e veja a quais as influências que ele poderá ter em sua vida. Devo lembrar que, na verdade, o ano de 2017 começará na realidade no dia do seu aniversário. Não se esqueça desse detalhe. O chamado Ano Novo tem início na data natalícia - e não na virada do calendário universal, em 1º de janeiro. Portanto, faça o seu cálculo e boa sorte. 


1
23
456
789



SAIBA MAIS SOBRE O AUTOR DESSE ARTIGO
Pryom PRYOM é Numerólogo, Médium Espiritualista e Filho de Xangô. Se quiser saber mais, clique aqui. Se gostou do blog assine para receber os próximos artigos.


RECOMENDADAS PARA VOCÊ

2 comentários :

  1. A vida eh uma MATEMATICA! Esse assunto de numerologia e ano pessoal sao assuntos que todos nos somos avidos

    .Obrigada Pryon , voce eh 10.Beijos. ADOREI!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz por ter gostado, Gilmara Matos. Devemos ficar atentos às vibrações desse período conturbado. Grande Abraço!

      Excluir