3 de agosto de 2010

Numerologia e os Relacionamentos - 2

Logo após ter postado o artigo sobre a Numerologia dos Relacionamentos, recebi vários e-mails me perguntando se poderíamos aplicar o resultado dos cálculos nas relações de amizade ou entre os membros de uma família que se reúne sob o mesmo teto. Sobre essa dúvida, afirmo que sim; podemos. Quando postei esse artigo posso ter dado a primeira impressão de focar no amor como relação que envolve o sexo. Todavia, os estudos sobre os Números requerem um mergulho muito mais sério, que no momento não busquei fazer. Quis, sim, mostrar ao leitor que a numerologia é prodigiosa para iluminar e revelar o mistério das relações humanas em todos os seus aspectos. Principalmente se a utilizarmos como uma simples consulta embalada pela curiosidade.

Acredito que os relacionamentos ditos “amorosos” não precisam envolver o sexo como fator de aproximação e querença. Os laços de família, que são fortalecidos pela reencarnação, são exemplos disso. Os pais, os filhos, netos, sobrinhos, avós: o que eles representam para nós? O Kardecismo, por exemplo, diz que a união e a afeição que existe entre parentes são sinais da simpatia anterior que os aproximou, pois o círculo de vivência espiritual une os espíritos pela afeição, simpatia e semelhança de tendências.


Se os números mostram “diferenças” entre as “relações amorosas”, isso não significa dizer que o nosso companheiro (ou como quiser, o nosso companheiro de viagem) não nos é afim. Muito pelo contrário. Segundo Kardec, Deus permite encarnações de espíritos antipáticos com o objetivo de melhorar-se, suavizar-se e educar. A numerologia dos relacionamentos revela os traços característicos que marcam a relação entre duas pessoas, levando em conta apenas a personalidade de cada um.

Se você prestar atenção verá que apenas 45 combinações - com números de 1 a 9 - foram apresentadas por mim, sendo que, na verdade, existem outras 45 combinações matemáticas possíveis, se levarmos em conta a síntese entre a personalidade e a individualidade de cada indivíduo.

As qualidades de síntese podem dar maior força à individualidade ou à personalidade, conforme se aproximam uma da outra. O número da Individualidade denota os desejos, as aspirações, as ambições e a concepção de vida e a força interna da pessoa.
O número da Personalidade expressa o modo de agir e se comportar diante dos fatos cotidianos.

Portanto, é um estudo complexo e muito envolvente. Eu voltarei a esse assunto em novas postagens.


SAIBA MAIS SOBRE O AUTOR
Pryom PRYOM é Numerólogo e Médium Espiritualista. Formado em Publicidade, desde jovem é empenhado em compreender a alma humana. Ministra palestras sobre Numerologia e encontros sobre o autoconhecimento. Se quiser saber mais, clique aqui. Se gostou do blog assine para receber os próximos artigos.

2 comentários :

  1. espero ansiosamente por mais postagens sobre esse assunto tão interessante! :DD

    ResponderExcluir
  2. Hugo, eu vou tentar reunir os seguidores do Mestre Interior para um encontro e uma palestra sobre Numerologia - como eu já havia te adiantado. Creio que será uma boa oportunidade de ensinar essa ciência.

    ResponderExcluir