21 de dezembro de 2009

A parábola da indecisão


Havia um grande muro separando dois grandes grupos. De um lado estavam o Criador de Todos os Seres, os Anjos e os seus servos leais. Do outro, estavam Satanás, seus demônios e todos os humanos que não servem para coisa alguma. E em cima do muro havia um jovem indeciso, que havia sido criado num lar bondoso, recheado de fé e amor ao próximo, mas que agora estava em dúvida se continuaria servindo a Deus ou se deveria aproveitar um pouco os prazeres do mundo.

O jovem indeciso observou que o grupo do lado do Todo Poderoso chamava e gritava sem parar para ele:
__ Ei, desce do muro, rapaz... Vem pra cá!

Já o grupo de Satanás não gritava e nem dizia nada. Essa situação continuou por um bom tempo, até que o jovem indeciso resolveu perguntar a Satanás:

__ O grupo do lado de Deus fica o tempo todo me chamando para descer e ficar do lado deles. Por que você e seu grupo não me chamam e nem dizem nada para me convencer a descer para o lado de vocês? 

Grande foi a surpresa do jovem quando Satanás respondeu:
__ Simplesmente porque o muro é meu!

Diz o Mestre: Na Caminhada Espiritual não existe meio termo. Na pior das hipóteses o muro já tem dono, mas a decisão sobre o APRENDIZADO pertence exclusivamente à você. Por isso, preste bastante atenção nos "muros" e nas "cercas" do Caminho e mantenha sempre o pensamento voltado o Bem.

0 comentários :

Postar um comentário